"Sejam bem vindos"

"Hoje possuo sonhos que julgo dificéis de se realizarem, porém tornaram-se hoje, motivos da minha força de lutar pelas realizações e por esta que é, sempre será com certeza a minha incessante busca, a CAPACIDADE DE INOVAR "




Volte Sempre: 7

Recados Animados de Volte Sempre



















quarta-feira, 29 de julho de 2009



Platão e a Alegoria da Caverna


Platão nasceu em Atenas em 427 a.C, era filho de Artíston e Perictioné. Seu pai era um homem rico cuja dinastia remontava aos primórdios de Atenas. Deu ao filho uma excelente educação, a quem deu o nome de Aristocles. Platão era um apelido adquirido quando já moço, designando alguém que tenha um porte atlético, com ombros largos. Platão não teve esposa nem deixou filhos. Viajou pela Magna Grécia, onde aprendeu os ensinamentos deixados por Pitágoras, andou pelo Egito e muitos afirmam que esteve no Oriente.
Platão
No início se dedicou a poesia e depois à filosofia. Conheceu Sócrates com dezoito anos e o acompanhou por dez anos, até em 399 a.C., quando Sócrates morreu. Em 387 a.C. fundou sua escola nos jardins de Academus, dedicando-se ao ensino e composição de suas obras.
Foi sem dúvida um dos maiores filósofos que humanidade já possuiu, o sábio dos sábios, durante 22 séculos.Já sabemos que Sócrates é, pode-se dizer, o descobridor do conceito. Sabemos ainda que o interesse primeiro da filosofia socrática é a moral. Sócrates deseja que a moral possa ser aprendida e possa ser ensinada, como se aprende e se ensina gramática. Daí a razão por que Sócrates tem a convicção de que aquele que é mau, o é porque não sabe. Platão, por sua vez, abraça a idéia de conceito esposada por Sócrates, só que amplia a idéia de conceito. Para ele, essa idéia não se circunscreve apenas à virtude, mas abarca tudo, todas as coisas em geral. Neste caso, deve-se reconhecer que Platão junta a contribuição conceitual de Sócrates aos ensinamentos de Parmênides: une a idéia do ser à idéia de conceito, estabelecendo assim a sua teoria das idéias.Platão faz distinção entre aparência e realidade. Ora, se existe um mundo de realidade e um mundo de aparência, deve-se procurar saber como se pode distinguir um do outro. Sabe-se que as aparências são diagnosticadas por nossas sensações, ao passo que as nossas idéias diagnosticam o mundo da realidade. Por aí se vê que só podemos aproximar-nos da realidade através do pensamento.
A teoria do ser deduzida por Platão é aparência ilusória o que corresponde à enganosa opinião sensível; o conheci­mento verdadeiro é aquele que se refere às essências, às idéias. É aí que se firma o ideal platônico e temos então o estabelecimento da antítese entre o mundo fenomenológico, formado pelos postulados da sensibilidade, e o mundo das essências que só pode ser alcançado por intermédio da indução e da definição, como também ensinava Sócrates.
Platão afirma que as idéias são vivas e não inertes, como a muitos poderia parecer. Para ele a idéia mais importante é a do Bem, porque constitui a natureza de Deus criador soberano do Cosmo. Não pode o Bem ser causa do Mal. Todavia, a existência do Mal não pode ser negada, é o inverso, que se opõe ao Bem. O que importa é que todas as idéias se inclinam para aquela idéia superior a todas elas, que é a idéia do Bem. Ele quer que o Estado se ajuste à idéia do Bem, dai por que coloca sua filosofia, sua metafísica e sua ontologia a serviço da teoria política do Estado. Crê que se a idéia do Bem é a suprem a idéia, aquela que rege e manda em todas as outras idéias, do mesmo modo, entre tudo o que existe no mundo sensível, o que deve e tem que coincidir com a idéia do Bem é o Estado. Por isso, ele escreve esses dois livros admiráveis, A República, e As Leis, onde mais profundamente estuda a formação do Estado ideal e chega à conclusão de que o Estado ideal seria aquele em que os mandantes fossem filósofos.
Não se pense, contudo, que a filosofia platônica seja idealista, como querem muitos. Não, para Platão, as idéias são realidades que existem, aliás, as únicas verdadeiramente existentes, uma vez que as coisas que vemos e tocamos são como sombras efêmeras. Deve-se, pois, entender a filosofia de Platão como um realismo das idéias.
Na Alegoria da Caverna, Platão resume a aprendizagem do homem, buscando as verdadeiras idéias no mundo maravilhoso do incognoscível. E nessa alegoria que Platão estabelece a comparação entre o mundo sensível e o mundo inteligível. Para tanto, lança mão de sombras que se projetam no fundo de uma caverna escura, quando pela sua entrada passam objetos iluminados pela luz do sol.

MITO DA CAVERNA OU ALEGORIA DA CAVERNA


Imagine alguns homens vivendo em uma moradia em forma de caverna, com uma grande abertura do lado da luz. Encontram-se ali desde a sua meninice, presos por correntes que os imobilizam totalmente e de tal modo que não podem nem mudar de lugar, nem volver a cabeça e não vêem mais que aquilo que lhes está na frente. A luz lhes vem de um fogo aceso a uma certa distância, por trás deles, em uma eminência do terreno. Entre esse fogo e os prisioneiros há uma passagem elevada, ao longo da qual imagine-se um peque­no muro, semelhante aos balcões que os ilusionistas levantam entre si e os assistentes e por cima dos quais mostram seus prodígios. Pensa agora que ao lado desse muro alguns homens levam objetos de todos os tipos. Tais objetos são levados acima da altura do muro e os homens que os transportam alguns falam, outros seguem calados. Os prisioneiros, nessa situação, jamais viram outra coisa senão as sombras, jamais ouviram outra voz senão os ecos que reboam no fundo da caverna. Falarão das sombras como se fossem objetos reais, terão os ecos como vozes verdadeiras. Esses estranhos prisioneiros são semelhantes a nós, homens. Pensa agora no que lhes acontecerá se forem libertados das cadeias que os prendem e curados da ignorância em que jazem. Se um dentre eles se levantar e volver o pescoço e caminhar, erguendo os olhos para o lado da luz, certamente tais movimentos o farão sofrer e a luz ofuscar-lhe-á a visão e impedirá que ele veja os objetos cuja sombra enxergava há pouco. Ficará deveras embaraçado e dirá que as sombras que via antes são mais verdadeiras que os objetos que são agora mostrados. E se tal prisioneiro, arrancado à força do lugar onde se encontra for conduzido para fora, para plena luz do sol, por acaso não ficaria ele irritado e os seus olhos feridos? Deslumbrado pela luz, porventura não precisaria acostumar-se para ver o espetáculo da região superior? O que a princípio mais facilmente verá serão as sombras, depois as imagens dos homens e dos demais objetos refletidos nas águas, e finalmente será capaz de veres próprios objetos. Então olhará para o céu. Suportará mais facilmente, à noite, a visão da lua e das estrelas. Só mais tarde será capaz de contemplara luz do sol. Quando isso acontecer reconhecerá que o sol governa todas as coisas visíveis e também aquelas sombras no fundo da caverna.
O próprio Platão, interpretando a Alegoria da Caverna, explica que:
A caverna subterrânea é o mundo visível. O fogo que a ilumina é a luz do sol. O prisioneiro que sobe à região superior e contempla suas maravilhas é a alma que ascende ao mundo inteligível. E o que eu penso, mas só Deus sabe se é verdade. Em todo caso, eu creio que nos mais altos limites do mundo inteligível está a idéia do bem que dificilmente percebe­mos, mas que ao contemplá-la, concluí­mos que ela é a causa de tudo o que é belo e bom. (A República, VII, 518b-d).
A partir de Sócrates se define o conceito, isto é, o conhecimento. Platão define as idéias e suas relações dando-lhes valores, perfazendo um pensamento lógico e aritmético. Mostra em sua alegoria que o homem poderá viver no mundo das sombras (ignorância) acreditando em um mundo completamente diferente da realidade, podendo talvez, atingir a luz (sabedoria), para viver livre de preconceitos, conhecedor da verdade.


Retirado do Site: www.guatimozin.org.br/artigos/mitos.htm


Achei muito interessante este texto e vem de encontro a que sempre tenho procurado escrever e viver: Capacidade de Inovar.
Saia desta caverna que te prende a preconceitos e conceitos antigos, torne-se uma pessoa capaz de ir a procura do novo, livre-se de dogmas e paradigmas , busque o crescimento interior, valorizando a cada instante vivido e descobrindo que podemos ser felizes sim, embora a vida muitas vezes nos diga o contraio, lute para que sonhos se realizem pois pessoas que não sonham são infelizes e acabam ofuscando o colorido da vida, passam despercebidas e sofrem por uma existência inteira como se estivem dentro de uma caverna e a única coisa que conseguem visualizar são as suas próprias sombras.
Triste não é verdade, então comece a se mexer, se permita a ser feliz, sonhe, explore, acredite, realize, experimente, se desprenda das amarras que te aprisionam a esta vida sem nexo e desconecta da realidade . Vá em busca da realização de seus sonhos, esqueça as sombras a qual você se escondeu até hoje e verás que você chegará bem mais longe que imagina...

Beijos da eterna amiga Lia

segunda-feira, 27 de julho de 2009





Over you
Lane Brody


OVER YOU
POR SUA CAUSA


ANY FOOL CAN SEE THAT LOVE IS BLIND
Qualquer tolo pode ver que o amor é cego.
AND HERE I AM TO PROVE IT ONE MORE TIME
E aqui estou eu para provar isso mais uma vez
FORGET ‘BOUT MY PRIDE
Esqueça sobre o meu orgulho
I DIDN'T MEAN TO CATCH YOU BY SURPRISE
Eu não tive a intenção de te pegar assim de surpresa
AND I HOPE THERE ISN'T PITY IN YOUR EYES
E eu espero, que não haja piedade em seus olhos
I'VE TRIED SO HARD TO STAY AWAY
Eu fiz o que pude para me manter afastada de você
AND KEEP YOU OFF MY MIND
E deixar você longe do meu pensamento
I KNOW I SHOULD BUT IT'S NO GOOD
Eu sei que deveria, mas isso não é bom

‘CAUSE TIME GOES BY AND I'M NOT OVER YOU
Por que o tempo passa e eu não consigo te esquecer
I'D GLADLY BE A FOOL IN LOVE AGAIN
Eu seria, prazerosamente, uma tola, apaixonada novamente
IF THERE'S A CHANCE THAT YOU MIGHT SEE ME
E se há uma chance que você possa me ver
TOUCH ME, WANT ME, EVER NEED ME
Tocar-me, desejar-me, precisar de mim algum dia.
I'M STILL GOING CRAZY OVER YOU
Eu ainda vou ficar louca por sua causa
AND KNOW I'M NEVER GETTIN' OVER YOU
E eu sei que nunca vou conseguir te esquecer.

ONE MORE CUP OF COFFE THEN I'LL GO
Mais uma xícara de café, e então eu irei
BUT THERE'S JUST ONE THING I THOUGHT YOU OUGHT TO KNOW
Mas há só mais uma coisa que eu pensei que você deveria saber
THE DAYS GO BY BUT NOTHING’S CHANGED
Os dias passam, e ainda assim nada tem mudado
I'M STILL HERE FOR THE TAKING
Eu ainda estou aqui pela necessidade
AND JUST TO TOUCH YOU WOULD MEAN SO MUCH
E simplesmente tocá-lo já significaria tanto
TO ONE WHOSE HEART IS BREAKING OVER YOU
Para alguém cujo coração está se partindo por sua causa

I'D GLADLY BE A FOOL IN LOVE AGAIN
Eu seria, com prazer, uma tola, apaixonada novamente
IF THERE'S A CHANCE THAT YOU MIGHT SEE ME
E se há uma chance que você possa me ver
TOUCH ME, WANT ME, EVER NEED ME
Tocar-me, desejar-me, precisar de mim algum dia.
I'M STILL GOING CRAZY OVER YOU
Eu ainda vou ficar louca por sua causa
AND KNOW I'M NEVER GETTIN' OVER YOU
E eu sei que nunca vou conseguir te esquecer.

OVER YOU
Esquecer você
I'D GLADLY BE A FOOL IN LOVE AGAIN
Eu seria, com prazer, uma tola, apaixonada novamente
AND KNOW I'M NEVER GETTIN' OVER YOU
E eu sei que nunca vou conseguir te esquecer.
________________
23/02/2007 - yeah
Essa Música mexe profundamente com meu coração....
Um beijo da eterna amiga Lia...


video







quarta-feira, 22 de julho de 2009



My Immortal (tradução)
Evanescence
Composição: Ben Moody / Amy Lee

Meu Imortal

Eu estou tão cansada de estar aqui
Reprimida por todos os meus medos infantis
E se você tiver que ir
Eu desejo que vá logo
Porque sua presença ainda permanece aqui
E isso não vai me deixar em paz.

Essas feridas parecem não cicatrizar
Essa dor é muito real
Isso é simplesmente mais do que o tempo pode apagar.

Quando você chorou eu enxuguei todas as suas lágrimas
Quando você gritou eu lutei contra todos os seus medos
Eu segurei a sua mão por todos esses anos
Mas você ainda tem tudo de mim.

Você costumava me cativar com sua luz ressonante
Agora sou limitada pela vida que você deixou pra trás
Seu rosto assombra todos os meus sonhos que já foram agradáveis
Sua voz expulsou toda a sanidade que havia em mim.
Essas feridas parecem não cicatrizar
Essa dor é muito real
Isso é simplesmente mais do que o tempo pode apagar.

Quando você chorou eu enxuguei todas as suas lágrimas
Quando você gritou eu lutei contra todos os seus medos
Eu segurei a sua mão por todos esses anos
Mas você ainda tem tudo de mim.
Eu tentei com todas as forças dizer à mim mesma que você se foi
E embora você ainda esteja comigo
Eu tenho estado sozinha por todo esse tempo.

Quando você chorou eu enxuguei todas as suas lágrimas
Quando você gritou eu lutei contra todos os seus medos
Eu segurei a sua mão por todos esses anos
Mas você ainda tem tudo de mim...de mim...mim...







Linda Música... um beijo da eterna amiga "Lia"


video























terça-feira, 21 de julho de 2009

Para refletir

"As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam."

Bernard Shaw
"Um beijo da eterna amiga Lia"







Você É um Aprendiz
1
. Volte no Tempo. Lembra-se de como conseguia aprender a fazer coisas fantásticas quando era criança? Agora, se você se colocar em uma máquina do tempo imaginária, poderá voltar aos primeiros anos da sua infância. Faça de conta por um momento que está naquela máquina. Imagine que está de volta àquela época feliz em que aprendia tudo rapidamente. Tenha um vislumbre do que seja isso. Note como as persuasão grandes você levanta a cabeça para olhar para elas. Tanta coisa está acontecendo.
2. Observe a Sua Capacidade de Aprendizado. Você está ativa e apaixonadamente aprendendo. Você está aprendendo uma porção de coisas, especialmente um idioma. Você está aprendendo de quinze a trinta palavras novas todos os dias. Sem perceber, você está aprendendo centenas de regras de gramática. E esta capacidade de aprender ainda existe em você.
3. Faça. um Inventário dos Seus Talentos. Você tem 15 bilhões de neurônios que estão piscando junto com o circuito de milhares de cidades. Seus ouvidos podem ouvir 600 freqüências diferentes, variando de 20 a 20000 ciclos por segundo. Seus olhos podem detectar um único fóton de luz. E as 800 000 fibras de cada um de seus nervos óticos transmitem mais informações de seus 132 milhões de bastões e cones ao seu cérebro do que o maior sistema de computação ótico do mundo. Os mais de 300 milhões de alvéolos nos seus pulmões fornecem oxigênio aos 100 trilhões de células espalhados por todo o seu corpo. Seus 206 ossos e 656 músculos compõem um sistema de capacidades mais funcionalmente diverso do que qualquer criatura conhecida. E estas e outras enormes capacidades de funcionamento e aprendizado podem ser utilizadas de muitas maneiras diferentes. É impossível enumerar todas as suas capacidades elas são muitas.
4. Forme uma Imagem única. Agora, quando imaginar a sua capacidade de aprender, você pode ver estes tipos de capacidade como uma imagem global e brilhante, do seu sistema nervoso um sistema de capacidades funcionais sem rival em todo universo. Se você um dia duvidar de sua própria capacidade de realizar a sua missão, esta imagem pode surgir de imediato como um relato concreto de seus talentos, transformando aquela dúvida em segurança...
Você pode usar esta capacidade de aprender sabendo que, em qualquer momento da sua vida, você pode escolher uma nova direção, um novo curso de ação, uma nova missão.
Você pode descobrir e viver a sua missão. Se você acreditar que pode, vai conseguir. Por quê? Porque esta crença ativa em você as mesmas capacidades prodigiosas dos magníficos realizadores que tanto admira. Se uma pessoa pode fazer algo, todos podem aprender a fazê-lo também.
Texto extraído do livro: PNL:A Nova Tecnologia do Sucesso
"Um beijo da eterna amiga Lia"







sexta-feira, 17 de julho de 2009

video

"Este video recebi de um amigo por e-mail e resolvi compartilhar, pois é muito interessante e mostra a capacidade de inovar!"

Um beijo da eterna amiga Lia







Tudo depende de mim!!!

Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia-noite. É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje. Posso reclamar porque está chovendo…ou agradecer às águas por lavarem a poluição.
Posso ficar triste por não ter dinheiro…ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício.
Posso reclamar sobre minha saúde…ou dar graças por estar vivo.
Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria….ou posso ser grato por ter nascido.
Posso reclamar por ter que ir trabalhar…ou agradecer por ter trabalho.
Posso sentir tédio com as tarefas da casa…ou agradecer a Deus por ter um teto para morar. Posso lamentar decepções com amigos…ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades.
Se as coisas não saíram como planejei, posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar.
O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser.
E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma.
“Tudo depende só de mim.”

Charles Chaplin

Lindo este texto de Chaplin.... da Eterna amiga "Lia"

terça-feira, 14 de julho de 2009

Para refletir




Um dia você aprende que...

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessasE começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno amanhã é incerto demais para osplanos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam...E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.Descobre que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destrui-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.E que bons amigos são a família que nos permitiramescolher.Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.Descobre que devemos deixar as pessoas que amamos compalavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos.Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser,e que o tempo é curto.Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você nãosabe para onde está indo, qualquer lugar serve.Aprende que, ou você controla seus actos ou eles o controlarão, e que serflexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicadae frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.Aprende que heróis são pessoasque fizeram o que era necessário fazer,enfrentando as consequências.Aprende que paciência requer muita prática.Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute,quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiências que seteve, e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens,poucas coisas são tão humilhantes, e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas issonão lhe dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama dojeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não sabe amar,contudo, o ama como pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possavoltar para trás, portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores...E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.E que realmente a vida tem valore que você tem valor diante da vida!Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamosconquistar, se não fosse o medo de tentar.
Willian Shakespeare

domingo, 5 de julho de 2009


"Para refletir"
Eu aprendi......que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;Willian Shakespeare
"Beijos da Eterna Amiga Lia"
"Quero te esquecer mas não consigo"


Quero te esquecer, mas não consigo.
Cada vez que penso em te esquecer mais em meu pensamento fica.
A dor de pensar em te perder é só minha.
E esse silencio que fica não apaga você de mim.
Quero te esquecer, mas não consigo.
Cada vez mais quero te ter, quero te ver.
Só de pensar em sua ausência fico triste.
Quero te esquecer, mas não consigo.
Preciso te esquecer para não sofrer.
Mas já estou sofrendo...Cada hora, cada minuto são precisos.
E eu quero mas não consigo, o que fazer...Quero te esquecer, mas não consigo.
Na minha vida você foi o paraíso.
Uma vontade sem sentido.
Um querer sem poder.
Você foi uma estrela linda, que apareceu na minha vida.
Mas que tantas coisas estão fazendo com que ela perca o brilho.
Quero te esquecer, mas não consigo.
Teu cheiro está em mim.
Nossos momentos estão marcados.
Mas nossos sonhos foram calados.
Quero te esquecer, mas não consigo.
Preciso muito! para que eu não sofra.
E para não te ver sofrer...
Eu não quero...
Mas preciso te esquecer...

Autor: Celi Luzzi
"Esta Poesia é dedicada a você..."
Beijos da Eterna Amiga Lia...

sexta-feira, 3 de julho de 2009



Aprendendo com os erros e buscando a capacidade de inovar a cada dia
por lia 07/09
Ontem iniciei uma nova caminhada e um grande desafio, foi meu primeiro dia na Empresa. Todo começo é complicado, porém eu almejei muito que isto ocorresse, e por outro lado pude testar minha empregabilidade e confesso que fiquei surpresa, pois em 15 dias já estava empregada novamente. Muitas vezes nos acomodamos por medo de mudar e até mesmo por falta de iniciativa e vamos nos tornando pessoas amargas, e esta amargura muito nos impede de vermos que novas oportunidades surgem e as perdemos por simples incapacidade de inovar ou de não termos a sensibilidade e a percepção que está na hora de nos adaptarmos as novas realidades , insistirmos e investirmos em projetos antigos que ficaram guardados em alguma gaveta ou simplesmente foram projetados apenas em pensamentos e esquecidos em algum momento de nossas vidas.
Os momentos que paro para refletir , vejo o quanto eu já mudei, está transformação vem se consumando de maneira gradativa, dia após dia, toda mudança leva tempo para se tornar completa, pois temos que planejar os próximos passos com entusiasmo de uma criança e a sabedoria de um ancião, para termos sabedoria de quanto nossos planos não derem certo, procurarmos outras estratégias conscientes de que é preciso mudar porém com inteligência e maturidade para que ao final deste processo tenhamos aprendido com os erros e acima de tudo , termos nos tornados pessoas melhores e capazes de reconhecer quanto é necessário Inovar e buscar a felicidade, seja na vida profissional ou pessoal.
No Poema de Fernando Pessoa "Quando uma etapa chega ao fim", que fala que precisamos encarar o fim de um ciclo e o começo de outro e tudo que chega ao fim é porque tinha que chegar, ele deixa bem claro que precisamos encarar as mudanças e investir no novo, assim tenho procurado agir.
Para que possamos escrever uma pagina nova, precisamos terminar a anterior, se não passaremos a vida toda andando em círculos não chegando a nenhum lugar e cada vez mais nos tornando pessoas sem objetivos e frustrados, condenados a vivermos uma existência apenas de lamentações e fracassos.
E foi assim que dei inicio a minha mudança, primeiro precisei mudar interiormente e me conhecer como pessoa, comecei a analisar quando foi que fui me tornando esta pessoa apática e sem perspectivas, sondei meus arquivos na memória e comecei a encontrar as respostas, não foi fácil pois é muito difícil encararmos a nos mesmos, mas mudar era preciso então me enchi de coragem fui fazendo uma limpeza , varrendo tudo que não era bom, perdoando as pessoas que por algum motivo haviam me magoado, essa fase foi a mais difícil, liberar perdão , mas foi a melhor coisa que fiz, comecei a me sentir mais leve e já não sentia mais tanta angustia e já conseguia sorrir, como se eu estivesse envolta a uma neblina e lentamente os primeiros raios de sol começassem a dissipa- la. Foi um momento mágico em minha vida, novos horizontes se abriram e comecei a ver a vida com outro prisma. Resolvido as feridas da alma, comecei a escrever uma nova pagina em minha vida, me livrando do passado e procurando esquecer tudo que me fazia sofrer, alias fiz de alguns erros a necessidade e o combustível para novos acertos, pois já possuía toda uma experiência de uma existência sofrida e uma vida mal resolvida.
Hoje posso dizer que estou dando adeus ao passado, buscando novos sonhos e desenvolvendo a flexibilidade e a capacidade de Inovar.
"Beijos da Eterna Amiga Lia"

quinta-feira, 2 de julho de 2009

"Para Refletir"
Transformação/Inovação

Se uma lagarta, pesada e incapaz de voar, pode se transformar numa graciosa borboleta, por que deveríamos perder a esperança na transformação do mundo? Dê a chance para você mudar e tudo ao seu redor mudará também:as pessoas, as situações, o futuro, a humanidade. Não se deixe prender por mágoas e ressentimentos. Responda com alegria e otimismo a todos aqueles que lhe dirigirem a palavra, sem irritar-se jamais. Saiba ser feliz hoje, pois o ontem não volta e o amanhã talvez não chegue!Assim como a borboleta, deixe que sua nova forma se mostre. Seja um benfeitor do mundo e alcance sua própria soberania.


Um beijo da Eterna Amiga Lia

quarta-feira, 1 de julho de 2009


Por vezes, falta-nos a visão do todo porque ficamos muito concentrados “no ponto” ou no problema.

Faça seguinte experiência: pegue uma folha de papel em branco e no centro da mesma desenhe um ponto preto.

Olhando agora atentamente para a folha, responda: O que você está vendo?
Parte superior do formulário
Se você responder como a maioria das pessoas a quem já propusemos esta questão antes, dirá que está vendo um ponto preto.

Mas com tanto espaço em branco em volta, você só consegue ver o ponto preto?

Será que não é exatamente desta forma que costumamos lidar com muitos de nossos problemas?

Será que às vezes ficamos remoendo um problema, pensando nele exaustivamente, 24 horas por dia, na tentativa de achar a solução?

Será que às vezes nos concentramos obstinadamente nas coisas que não estão dando certo, ao invés de olharmos também para aquelas que são satisfatórias ou que podem nos proporcionar mais caminhos, recursos e soluções?

Não é analisando o ponto ou problema em si, que encontraremos a solução porque esta geralmente se encontra no espaço em volta. A solução não costuma estar no problema em si, mas em nossa criatividade, que nos possibilita acesso a outras possibilidades.

Imagine uma pessoa perdida no meio de uma floresta. Ele anda, anda, mas não sabe onde está não sabe para onde está indo. Todavia, se ela conseguir subir num ponto bem alto e olhar a floresta à distância, poderá ter uma visão do todo e então saber para onde ir.

Assim também acontece com nossos problemas.

Por vezes, falta-nos a visão do todo porque ficamos muito concentrados “no ponto” ou no problema.


Beijos da Eterna Amiga "Lia"